João Branco - Cabo Verde

Nessa 9ª edição o homenageado é o diretor, ator e gestor cultural João Branco, de Cabo Verde, que se destaca por todo trabalho que desenvolve, de enorme contribuição para as artes em Cabo Verde e por toda difusão da internacionalização dos artistas cabo-verdianos em todo o mundo.

Presença marcante no FESTLIP_Festival, por toda sua trajetória artística, João Branco é um marco para toda a comunidade da língua portuguesa.

 

Joâo Branco, nasceu em Paris em 1968 evive em Cabo Verde desde 1991, na cidade do Mindelo. Doutor em Artes, Comunicação e Cultura, pela Universidade do Algarve;  Mestre em Artes Cénicas, especialidade Encenação e  Licenciado em Gestão do Património e Organizações Culturais, inicia as suas atividades cênicas em 1984 com o encenador.

 

Funda em 1993, o Grupo de Teatro do CCP do Mindelo (GTCCPM), onde é encenador e diretor artístico. Comemorou, em 2014, a sua 50ª encenação, com “Tempêstad”, adaptação crioula da peça origina de Shakespeare.

 

Assume em 1994, o cargo de responsável pelo Instituto Camões – Centro Cultural Português / Pólo do Mindelo.

 

Funda em 1995 o Festival Internacional de Teatro do Mindelo - Mindelact, do qual é diretor artístico. É presidente da Direção da Associação Mindelact e da ALAIM, Academia Livre de Artes Integradas do Mindelo que hoje acolhe mais de uma centena de alunos de teatro, dança, percussão, canto, entre outras áreas artísticas, criando uma nova centralidade cultural na cidade do Mindelo.

 

É autor da mais importante obra editada sobre o teatro cabo-verdiano, “Nação Teatro – História do Teatro em Cabo Verde”, que foi premiada pela Associação Cabo-verdiana de Escritores e considerada um marco na literatura de investigação em Cabo Verde. Faz parte, desde 2013, da Academia de Letras de Cabo Verde e funda em 1997, a revista de Teatro "Mindelact - Teatro em Revista", da qual é principal responsável editorial.

 

É condecorado em 2010, pela Presidência da República de Cabo Verde, com a Primeira Classe da Medalha do Vulcão e é considerado o maior expoente das ilhas de Cabo Verde.

 

Pertence, desde dezembro de 2014, à Academia Cabo-verdiana de Letras.

 

 Todos os direitos reservados Talu Produções & Marketing